Bem-vindo a Mãoposta.

Você sempre diz que sabe lidar muito bem com seus medos e problemas, e, por ironia, são eles que te engolem todos os dias. Não deixe de ler nossos textos. Esperamos que se identifique.

Ele ainda te pedirá abrigo


ISENTA DE SI MESMA


Não, não, não...

Desta vez ela está decidida.
Sim, ela continuará seguindo em frente, 
não há distração que a impeça.
Independente de tudo. 
Ontem à noite o seu espírito foi esmagado
— quase todas às noites isso acontece,
apenas porque ela se permite pensar
mais do que deve. E foi uma dor absurda,
de arrancar o coração. 
A custo, ela está aceitando que
o seu passado não era realmente o seu lugar. 

Talvez ela ainda pense muito 
sobre isso no futuro, mas
ela já 
fez 
o bastante.

Ela é assim mesmo, procura amores em 
lugares errados, pois tem um coração
de ouro, apesar de seu defeito
— ser feito de sangue e de carne.
Ela está começando a pensar que
talvez seja amaldiçoada,
que não fora feita para o amor.
Que isso não tem as medidas dela,
é coisa de outro mundo. Não sabe
se passou a achar isso por causa maneira
como ela foi largada pelo seu antigo
(agora não tão grande) amor.

Ou se sempre soube disso.

Sozinha, à noite, ela chora
e suas lágrimas são silenciosas, 
apesar de serem cheias de orgulho.

Ela quer redescobrir o amor,
mas isso vem com tanta dor envolvida,
que ela está desistindo pouco a pouco.
Cada dia um pouco mais. 
Parece mais fácil simplesmente fugir...

Mas Deus sabe que ela nunca se negou a amar,
e nunca escondeu seus sentimentos.
Talvez esse tenha sido o seu maior pecado,
afinal. Ela não teve culpa de ter tido
o seu coração destroçado por uma
alma sebosa, já acostumada a colecionar
corações em jarros. Ele hoje finge
que ela nunca existiu.

Mas o que ela ainda não sabe,
é que essa mesma alma que a destruiu,
será a mesma que pedirá abrigo, mais a frente.
E isso não é um presságio, é a lei do universo.
É a justiça de Deus, ou de qualquer
coisa que você acredite que
observe a vida do alto.

E inteira, ela o rejeitará.
Do mesmo modo. Mas não com ódio.
Ela o rejeitará amando-se. E dizendo não,
todas as vezes em que ele decidir voltar.
Por enquanto, ela precisará ficar 
isenta de si mesma
para continuar vivendo...

Abrigada de seu próprio caos
e de sua própria mente,
que o quer. E o receberia de volta,
se ele decidisse voltar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.